Como fazer uma Newsletter de sucesso

O mercado da Internet registou os melhores índices de crescimento nos últimos anos e também por isso o desenvolvimento do marketing a ele direccionado tem sofrido as alterações mais profundas neste universo concreto. Uma dessas modificações foi o surgimento dos “jornais de vendas”, termo convencional equivalente à newsletter, um moderno meio de informar directamente os interessados acerca das temáticas por estes privilegiadas.

Em traços simples, uma newsletter consiste num documento informativo digital criado para efeitos de promoção de um determinado conteúdo, produto ou serviço, cujo envio é processado através do correio electrónico para uma lista de endereços constituída pelos registos dos proprietários desses e-mails ou adquirida a quem vende bases de dados de terceiros com a devida autorização destes (o que nem sempre é respeitado).

A newsletter constitui-se assim como um excelente e singular veículo de comunicação sem intermediários com o público-alvo, tendo um conjunto de motivos que justificam plenamente a sua elaboração com assento periódico. Entre estes encontram-se as vantagens de dar a conhecer ao target pretendido o que se tenciona, aumentar as visitas do site em causa mas sobretudo estar em permanente contacto com os internautas que acedem à sua página.

Como fazer uma Newsletter?

  1. Agrupar uma lista de e-mails e escolher o serviço de envio, pois é impossível usar as contas de correio electrónico comuns para uma operação deste género. Terá de recorrer a uma empresa que possua este género de préstimos, uma vez que essa é a única forma de concretizar esta acção essencial de promoção online.
  2. Decida todas as características que pretende explorar na newsletter, incluindo o tipo de conteúdo a colocar, pois esse aspecto poderá implicar a obrigatoriedade de seguir um determinado caminho. Seleccione o modelo que irá utilizar e o que a este concerne, não deixando nada ao acaso, porque é nos detalhes que está o real segredo para o sucesso de qualquer acção, independentemente da sua área ou finalidade.
  3. Estudar as melhores soluções de apresentar o conteúdo desejado tendo em conta uma série de factores, nomeadamente o público-alvo e objectivos a atingir, os dois vértices fundamentais de uma boa newsletter. O visual deve ser apelativo, adequado ao assunto e target, especificidades pelas quais se deve igualmente pautar o conteúdo em si, embora este tenha de merecer uma atenção acrescida, dado que será o principal meio para obter os resultados ambicionados na esmagadora maioria dos casos.
  4. Procurar manter-se actualizado quanto às expectativas dos seus visitantes em relação ao tema da página que dirige, realizando as devidas adaptações sempre que necessário, e permanecer em constante angariação de novos subscritores da newsletter para aumentar o número de pessoas a que chega esta forma de divulgação online.

Os quatro conselhos supra-avançados representam apenas os primeiros passos com vista à criação de uma newsletter e sem os quais nunca cumprirá tal objectivo. Na fase posterior cabe-lhe a si discernir quais os mecanismos (e posições) a adoptar para que não seja só mais um site com um serviço gratuito de promoção via e-mail, pois este tipo de páginas é o que há mais.

Escolha uma comunicação directa, utilize um estilo ajustado ao seu público-alvo e coloque-se no lugar do internauta, questionando-se acerca do que gostaria de ver numa newsletter que assinasse. Verá o sucesso desta a crescer e consequentemente o tráfego da página que promove a subir diariamente a um bom ritmo.

Por isso, coloque já mãos à obra e experimente desenvolver uma newsletter para o seu site. Não tem nada a perder, bem pelo contrário.

Também poderá gostar de ler: