Cursos de Estilismo

A moda é um mundo de glamour, exclusividade e estilo, que capta a atenção de cada vez mais pessoas, sejam elas capazes ou não de criar algo único. Esta mudança já se verifica em Portugal, onde se verificou um aumento da procura deste tipo de formações na última década, à semelhança do que acontece em vários outros países, por influências várias.

Embora não se possa referir com segurança absoluta os responsáveis sociais por este aumento, nos Estados Unidos da América, por exemplo, o programa televisivo Project Runway é aclamado como um dos maiores factores de desenvolvimento do “novo gosto” pela moda. Criado em 2004, o reality show coloca à prova os seus concorrentes aspirantes a estilistas, numa saga de desafios para descobrir o melhor. É graças ao Project Runway que despertou em muitas pessoas adormecida vontade de se tornarem mais um dos elementos do mundo do estilismo, mas também é por causa da emissão daquele que os bastidores desta actividade vão sendo revelados, atraindo novas mentes e dando a conhecer o trabalho por detrás de todo o glamour. Por cá, a SIC Mulher é o canal televisivo que transmite a versão original, que já teve direito a cópias em várias nações.

É claro que o reality show norte-americano não é o único a chamar a atenção das pessoas para a verdadeira face da moda, mas é inegável que ajudou bastante a desmistificar alguns dos erros que se tomavam como verdadeiros. Nos EUA, foram mesmo registados recordes na procura de formações na área do estilismo, e cada vez mais se apresenta um maior número de concorrentes para as fases de selecção prévias à determinação dos finalistas. Em solo luso, a procura subiu igualmente, apesar de não ter chegado para que sejam alargadas as opções já existentes, que basicamente se mantêm, ou seja, há mais pessoas a solicitarem este tipo de cursos, mas a oferta não foi alterada, permanecendo com as mesmas alternativas que já eram facultadas anteriormente.

As últimas alterações incrementadas nas formações de moda e estilismo, dizem essencialmente respeito à maior adequação dos cursos aos seus formandos, com a instalação de uma preocupação crescente em criar formas de atrair novos públicos para a área, adaptando o ensino às necessidades das pessoas que possam procurar estas oportunidades de aprendizagem.

Com o decorrer dos tempos, foram surgiram novas estratégias e técnicas que visam precisamente o cumprimento do objectivo enunciado no parágrafo anterior, nomeadamente a simplificação de processos, respeitante ao começo pelos mais elementares passos. Esta sucessão pré-determinada foi tornada obrigatória para o seguimento de uma formação, o que veio dar maior segurança no sentido de avançar para um nível seguinte, pois existe a segurança de que o precedente já deu as bases necessárias para aquele, o que não acontecia antes, com diversos módulos independentes que não obrigavam a um conhecimento base. O resultado era que o próprio formando escolhia os cursos a frequentar, optando muitas vezes por aqueles para os quais não possuía ainda as bases necessárias, o que naturalmente o desmotivava.

Hoje em dia, a oferta de cursos de moda e estilismo em Portugal é cada vez maior, mais variada e sobretudo mais rica nos conhecimentos que transmite. Houve um cuidado redireccionar o ensino específico para um público mais abrangente, respondendo às suas necessidades, o que veio aumentar a qualidade da formação, formadores e principalmente dos cursos.

Também poderá gostar de ler:

2 Responses

  1. Ana Gomes diz:

    Muitos parabéns pela vossa página, está muito bem estruturada e muito explicita.

  2. Elsa Marina Ribeiro diz:

    Gostaria de saber mais sobre como fazer o curso de estilismo. Obrigada.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>